Aplicação de aquecimento por indução em alimentos

Aplicação do aquecimento por indução no processamento de alimentos

Aquecimento por indução é uma tecnologia de aquecimento eletromagnético que apresenta várias vantagens, como alta segurança, escalabilidade e alta eficiência energética. Tem sido aplicado há muito tempo no processamento de metais, aplicações médicas,
e cozinhar. No entanto, a aplicação desta tecnologia na indústria de processamento de alimentos ainda está em seus estágios iniciais. O objetivo deste artigo foi revisar a noções básicas de aquecimento por indução tecnologia e os fatores que afetam seu desempenho e avaliar o status de aplicação desta tecnologia no processamento de alimentos. As necessidades de pesquisa e as perspectivas futuras desta tecnologia no processamento de alimentos também são apresentadas. Embora existam várias patentes sobre o uso do aquecimento por indução para processar materiais alimentícios, ainda há necessidade de gerar mais dados científicos sobre o projeto, desempenho e eficiência energética da tecnologia de aquecimento por indução para ser aplicada em diferentes operações unitárias, como secagem , pasteurização, esterilização e torrefação, no processamento de alimentos. É necessário otimizar diferentes parâmetros de projeto e operacionais, como frequência de corrente aplicada, tipo de material do equipamento, tamanho e configuração do equipamento e configurações da bobina. A informação sobre o efeito do aquecimento por indução na qualidade sensorial e nutricional de diferentes materiais alimentares é escassa.


Também são necessárias pesquisas para comparar a eficiência do aquecimento por indução e outras tecnologias de aquecimento, como
infravermelho, microondas e aquecimento ôhmico, para aplicações de processamento de alimentos.

Aplicação de aquecimento por indução no processamento e cozimento de alimentos

Ative o JavaScript em seu navegador para preencher este formulário.
=